Embalagens para alimentos: Por que é preciso ter segurança no transporte?

By 28 de julho de 2020Embalagens
embalagens para alimentos

As embalagens para alimentos fazem toda a diferença na hora de garantir a qualidade do alimento e um armazenamento e transporte seguro. Por isso, é importante que atendam a algumas características essenciais.

A própria ANVISA – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – estabelece normativas com o intuito de fiscalizar e controlar as embalagens de alimentos. De acordo com o portal do órgão:

“As embalagens e materiais destinados ao contato com alimentos podem transferir substâncias aos alimentos que podem representar risco à saúde de quem consome estes produtos. Por isso, a Anvisa regulamenta estes materiais estabelecendo requisitos que visam garantir a segurança de uso destes produtos em contato com alimentos.”

 

Quais são as embalagens de alimentos ideais?

Como aponta a ANVISA, há uma série de regulamentos que apontam as embalagens apropriadas para armazenar e transportar alimentos. É importante observar:

  • A opção escolhida precisa ser de um material aprovado para ficar em contato com o alimento.
  • É importante respeitar a vida útil da embalagem;
  • A embalagem deve ser conservada em temperatura ambiente;
  • Outro ponto essencial: o armazenamento do produto precisa ser adequado seguindo as orientações dos fabricantes;
  • Esses fabricantes das embalagens precisam estar devidamente regulamentados com a ANVISA, seguindo a legislação sanitária etc.

 

 

Como escolher a mais adequada?

Além dos pontos citados acima, ao escolher as embalagens para alimentos é importante fazer a escolha voltada para o seu setor de atuação e as opções que são mais interessantes para atender o seu público.

Por isso, observe primeiro as características do alimento: se é pastoso, líquido, deve ficar em temperatura ambiente ou refrigerado etc. Depois, se atente às questões abaixo:

  • É importante que a embalagem não transfira cheiro ou cor para o alimento, que podem ser provenientes de sua matéria-prima;
  • Para garantir o armazenamento e transporte adequado, o produto deve ser adequado para o alimento. Ele ainda deve oferecer boa vedação – opções com lacre também são um diferencial. Esses pontos são essenciais para evitar contaminações e deterioração do alimento;
  • Existem opções no mercado, como as desenvolvidas pela Prafesta, produzidas especialmente para atender as mais variadas aplicações. Isso significa que elas podem ser utilizadas para uma gama de alimentos;
  • Embalagens transparentes ou que possuem um cuidado maior com o design também fazem a diferença para a apresentação do alimento ao cliente e oferecem mais valor estético ao produto;
  • As embalagens para alimentos devem incluir mais algumas características: praticidade e versatilidade. Assim, traz benefícios a você e ao consumidor final;
  • Ir ao freezer e micro-ondas é um diferencial, em especial para quem trabalha com alimentos congelados. Um outro ponto importante é que a embalagem deve ser resistente a altas temperaturas, para não se deformar na hora que o alimento for colocado.

Leia também: 5 cuidados essenciais para produção e entrega de marmita

 

Transporte do alimento

Todos os fatores listados acima são determinantes para garantir que o produto chegue intacto ao cliente. Todo o cuidado tomado na escolha das embalagens para alimentos, na produção e armazenamento podem ser desperdiçadas se o transporte não for realizado de forma adequada.

 

Quais cuidados precisam ser tomados?

É importante contar com um veículo preparado para esse serviço. Embalagens que precisam se manter refrigeradas devem ser transportadas em um caminhão refrigerado na temperatura ideal.

A Portaria CVS-15, de 7.11.91 – Centro de Vigilância Sanitária do Estado de São Paulo regulamenta o transporte por veículos de alimento para consumo humano. Segundo o Art. 1º:

“Os meios de transporte de alimentos destinados ao consumo humano, refrigerados ou não, devem garantir a integridade e a qualidade a fim de impedir a contaminação e deterioração do produto”

Além disso, as embalagens para alimentos devem ser mantidas longe de substâncias e outros produtos que possam contaminá-las durante o transporte. Tudo isso sem esquecer da importância de seguir os critérios de higiene e conservação pré-estabelecidos pelos órgãos normativos.

 

 

E no delivery, como deve funcionar?

Os mesmos pontos de atenção citados acima se aplicam ao delivery. Além disso, o tempo que o produto leva para chegar ao cliente é determinante na qualidade, bem como a condição em que a embalagem está. Quanto menor a oscilação de temperatura, melhor para garantir um alimento saboroso.

Todos os cuidados citados acima fazem a diferença. Isso porque garantem que a comida chegue ao cliente em perfeito estado, seguindo todas as medidas de segurança adequadas.

Adm_prafesta

Author Adm_prafesta

More posts by Adm_prafesta