6 Dicas para começar a empreender

By 30 de outubro de 2019Dicas

Se você sempre sonhou em trabalhar com confeitaria e procura dicas para começar a empreender, esse artigo é para você. E esperamos sinceramente que goste e que lhe seja útil. Porque começar um negócio, ainda mais sem grande – ou nenhum – aporte financeiro é difícil. Mas não impossível!

Assim, queremos incentivar você a manter o foco no seu sonho, desenvolvendo suas habilidades e prosperando. Acreditamos que com essas dicas ficará mais fácil percorrer o caminho do negócio próprio.

E foi pensando nesse panorama de oportunidades e necessidades que trouxemos dicas para começar a empreender no ramo de confeitaria.

dicas para começar a empreender

De um lado há a crescente procura por produtos de maior qualidade, desde a sua procedência à manufatura. Por outro, as mudanças são vistas nos canais de consumo. Como a venda por internet, aplicativos de celular, delivery 24h, fabricação própria e artesanal.

Estudar sim, muito. E sempre!

Esse panorama inicial é importante para nos dar base quanto às oportunidades que estão surgindo a cada dia. Mas não só esse tipo de estudo. Quando estamos no ramo do empreendedorismo gastronômico, é importante estudar administração, finanças, marketing e mais profundamente os ingredientes.

Através dos ingredientes iremos descobrir as combinações de sabores, tempos de cozimento, formas de preparo, alternativas de substituição, entre outros que resultam naquela maravilhosa alquimia da cozinha.

Arrisque-se. Teste. Peça para os amigos e familiares provarem suas receitas. Das dicas para começar a empreender, essa é essencial: Aceite gentilmente as críticas, sem medo e com humildade. Elas são fundamentais em toda vida empreendedora, sem as críticas construtivas não há negócio de sucesso.

Leia também: Dicas de educação financeira para microempreendedor

Descubra e aposte nas suas habilidades

A partir desses testes informais você irá perceber seus pontos altos e onde precisa melhorar. Às vezes você gosta muito de fazer brigadeiros, por exemplo, mas seus bolos de potes são muito mais gostosos e rendem melhor financeiramente.

Mais dicas para começar a empreender: Do ponto de vista empreendedor, quanto mais dinheiro você fizer entrar em caixa, mais saudável será o seu negócio. Especialmente no começo. Pois isso lhe dará o que chamamos de fôlego financeiro para explorar outras receitas e assim ampliar a sua oferta de produtos.

Gestão de tempo

Sabe a imagem de uma equilibrista? É assim que o empreendedor muitas vezes se enxerga. E não é um exagero. Conciliar as demandas pessoais com as profissionais é um exercício de paciência e muito jogo de cintura.

Por isso que a gestão de tempo é uma das mais valiosas dicas para começar a empreender. O primeiro passo é ter um calendário sempre à mão. O segundo passo é anotar todas as suas demandas. Profissionais e pessoais.

Muita gente diz que não é bom misturar uma coisa com a outra. Mas nem sempre as empreendedoras, com uma vida atribulada, conseguem fazer isso.

Assim, anote mesmo. Principalmente as atividades estratégicas, como: publicar nas redes sociais uma promoção de bolos de pote e adquirir novas embalagens para os produtos.

Planilha de entradas e saídas

Não existe vida empreendedora sem planilhas. Se você não controlar o dinheiro que sai e o dinheiro que entra no seu negócio, ele simplesmente quebra. Empreendedores amadores dizem que sabem de cabeça a vida financeira do seu negócio. Acontece que quando se coloca no papel os números, os sustos aparecem.

Quando a sua empresa começar a ganhar volume, e anotar na caderneta todos os custos for inviável, mantenha o hábito de acompanhar periodicamente a planilha do fluxo de caixa. Pois a gestão financeira costuma ser o caramelo queimado do doce, entende? Capaz de estragar toda receita.

Divulgação é a alma do negócio

Como dizer que é empreendedora de um negócio que ninguém conhece? Exatamente! Por isso que a divulgação é a alma do negócio. Quando você estiver certa dos produtos que vai oferecer, e já calculou os valores das porções para aceitar as encomendas, diga para todos.

Hoje é fundamental usar as redes sociais. Especialmente Instagram e Facebook. Utilize ferramentas gratuitas online que ajudam a criar as próprias imagens ou deixá-las com uma arte bem bonita, como o Canva.

Faça fotos bonitas, bem iluminadas dos seus produtos reais, inclusive com as embalagens e use apenas uma marca d’água discreta com a identificação da sua empresa ou seu nome. Coloque sempre as formas de contato, principalmente nos textos dos posts.

Das dicas para começar a empreender e vender pelas redes sociais o carinho com a foto do produto real faz parte dos itens essenciais. É simples, mas nem todas as pessoas fazem adequadamente. Então, fique atenta.

 

Marketing

Author Marketing

More posts by Marketing